Causas e Prevenção

Peso Corporal


Última modificação: 13/07/2021 | 20h54

Manter o peso corporal adequado é uma das principais formas de prevenir o câncer.

O peso corporal e a gordura armazenada no corpo influenciam a saúde e o bem-estar ao longo da vida. Sobrepeso, obesidade e o ganho de peso na fase adulta estão associados a cânceres no esôfago (do tipo adenocarcinoma), estômago (na região cárdia), pâncreas, vesícula biliar, fígado, intestino (cólon e reto), rins, mama (mulheres na pós-menopausa), ovário, endométrio (corpo do útero), próstata (do tipo avançado), boca/faringe/laringe, meningioma, tireoide, mieloma múltiplo. 

O mecanismo responsável pelo aparecimento do câncer associado ao excesso de peso depende do tipo de câncer. Entre alguns mecanismos identificados estão níveis elevados de insulina e fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1, inflamação crônica, níveis elevados de estrogênio e androgênios e efeitos mecânicos (como refluxo gastroesofágico). Estes mecanismos podem provocar mutações nas células ou estimular o crescimento de células já modificadas.   

Uma alimentação saudável combinada com atividade física ajuda a controlar o peso corporal.

Assistir TV também pode influenciar no ganho de peso corporal, uma vez que as propagandas e o hábito de ficar sentado por muitas horas e as propagandas favorecem o comportamento sedentário e o consumo de alimentos ultraprocessados (ricos em calorias, gordura, açúcar e sal) como biscoitos, salgadinhos, doces, entre outros.

Uma das principais formas de avaliar se o peso corporal está proporcional à altura é o Índice de Massa Corporal (IMC). O IMC é calculado dividindo-se o peso pela altura ao quadrado (altura x altura). O peso corporal do adulto está adequado quando o IMC variar entre 18,5 e 24,9 kg/m². 

Veja também dicas sobre como se alimentar de forma saudável, esclareça mitos e verdades, acesse publicações, e uma seleção de vídeos sobre o tema.
 
 

Calculadora de IMC
IMC:
Avaliação do IMC

Copyright