Pesquisa

Impacto do câncer sobre o sistema de saúde


Última modificação: 14/11/2018 | 12h09

A multiplicidade de terapias elegíveis para o tratamento do câncer torna o cenário de tomada de decisão complexo. A escolha do tratamento mais adequado envolve compensações entre benefícios e danos potenciais que repercutem na qualidade de vida e são sensíveis aos valores e preferências dos pacientes. A Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) consiste em um conjunto de métodos de pesquisa que avalia as consequências do uso de uma determinada tecnologia em saúde em comparação a alternativas, tanto em curto quanto longo prazo, em termos de segurança, eficácia, efetividade, eficiência e viabilidade econômica. O objetivo da ATS é promover a produção de conhecimento científico para subsidiar a tomada de decisão tanto na gestão da saúde pública (utilização das tecnologias nos sistemas de saúde) quanto na prática clínica (uso apropriado da tecnologia, como por exemplo, esquemas terapêuticos mais adequados e indicação para grupos específicos de pacientes).
O alinhamento das políticas públicas com as preferências dos pacientes em relação aos desfechos em saúde pode resultar em aumento da efetividade de uma intervenção, melhorando a adesão a um tratamento. Os estudos que avaliam a qualidade de vida e as preferências dos pacientes em tratamento para diferentes tipos de câncer utilizam metodologias validadas e empregadas internacionalmente em estudos primários (coleta de dados) com esses pacientes.
O grupo de pesquisa tem por objetivo a produção de conhecimento científico para a construção de um processo decisório mais eficiente para a utilização de tecnologias em saúde, voltadas para o controle do câncer. Os estudos são desenvolvidos para a avaliação de desfechos clínicos (segurança, eficácia, efetividade), desfechos reportados pelos pacientes (qualidade de vida e medidas de preferências), além dos desfechos econômicos em saúde (custos, custo/benefício)

 

Líder do grupo:

Renata Leborato Guerra (Lattes)
Analista em C&T Pleno
Email: renata.guerra@inca.gov.br
Telefone: +55 21 32075510

 

Linhas de pesquisa :

Pesquisador responsável: Renata Leborato Guerra

  • Qualidade de vida e preferências de pacientes com câncer

 

Pesquisador responsável: Flávia de Miranda

  • Síntese de em câncer

 

Pesquisador responsável: Ricardo Ribeiro Alves

  • Avaliações econômicas em câncer

 

Pessoal:

Tecnologistas:
Ricardo Ribeiro Alves Fernandes (Lattes)
Laura Augusta Barufaldi (Lattes)

Assistente de pesquisa:
Flávia de Miranda Corrêa (Lattes)

 

Oportunidades:

Há vagas para estudantes de Saúde Coletiva (graduação) e para estudantes graduados nas áreas da saúde, ciências exatas (interessados em modelagem de dados), e ciências humanas (economia).

 

Localização: 

Instituto Nacional de Câncer 
Coordenação de Pesquisa
Rua Marquês de Pombal 125, 7º Andar
Centro, Rio de Janeiro
CEP: 20230240
Tel: +55 21 32075657

Copyright