Dicas sobre Alimentação e nutrição

Atenção para os rótulos de alimentos industrializados!


Última modificação: 23/10/2018 | 15h39

Mensagens (imagens, símbolos e textos) em rótulos de alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumir ou aquecer e bebidas açucaradas, podem induzir as pessoas a comprarem e consumirem alimentos não saudáveis. A fotografia de uma fruta na embalagem de um suco artificial, por exemplo, pode levar as pessoas a acreditarem que aquele produto é muito semelhante a um suco natural feito da própria fruta. No entanto, na composição desses produtos há mais de quinze ingredientes, sendo o principal deles o açúcar e não a fruta como mostrado nas embalagens.

Estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), em 2011, revelou que dos 18 produtos com apelo de frutas nos rótulos analisados, oito não apresentaram nenhum vestígio de fruta e a maior parte dos outros 10 tinham em torno de 1% de fruta apenas. Portanto, é preciso ter cuidado! Não se deixe levar por embalagens coloridas e frases de efeito.

Para se proteger das falsas promessas e auxiliar na escolha por alimentos mais saudáveis, leia e interprete os rótulos dos produtos, observando os ingredientes utilizados, a composição nutricional e o tamanho das porções. Evite alimentos ultraprocessados. E lembre-se de que os alimentos in natura, em especial os de origem vegetal, ou minimamente processados, como as frutas, verduras, legumes, feijão e outras leguminosas, cereais integrais, castanhas e outras oleaginosas, ovos, leite e carnes frescas são sempre a melhor opção.