Notícias

Bloco da Solidariedade conscientiza foliões para doação de sangue


Publicado: 23/02/2017 | 11h51
Última modificação: 30/04/2019 | 17h31
Carlinhos de Jesus em pé, do lado de uma doadora sentada na cadeira de coleta, e Ana Botafogo

Carlinhos de Jesus, uma doadora e Ana Botafogo

O samba tomou conta do INCA e da Praça da Cruz Vermelha nesta quarta-feira, 22. O "Bloco da Solidariedade - tá na hora" de doar convocou foliões a doarem sangue para os pacientes do Instituto no período que antecede o carnaval. A ação tem como objetivo incentivar a doação de sangue e plaquetas no período que antecede o feriado de carnaval, quando a queda do número de doadores chega a 50%.

O bloco teve apresentações da bateria Bonde da Caveira da Escola de Samba União da Ilha, do diretor de bateria Mestre Ciça e de Ito Melodia, intérprete oficial de samba-enredo e passistas da escola. Também contou com a presença dos padrinhos da campanha Carlinhos de Jesus e Ana Botafogo, e de servidores do INCA.

“A alegria do carnaval vem ajudar o INCA. Essa iniciativa é fruto de solidariedade e do amor ao próximo. A doação de sangue é uma atitude nobre. Eu me sinto honrada de poder participar deste evento", declarou Ana Cristina Pinho, diretora-geral do INCA.

A bailarina Ana Botafogo lembrou a importância da doação. “Tenho a fé de que este ano vamos conseguir um maior número de doadores e que possamos alertar para que as pessoas saibam e possam vir doar no INCA", incentivou.

O coreógrafo Carlinhos de Jesus relatou sua experiência como padrinho do Bloco. “É uma satisfação muito grande para mim. É a certeza de que estamos fazendo algo bom para as pessoas que precisam. Sinto uma alegria, misturada com sentimento de irmandade".

Para Ito Melodia, doar sangue é um ato solidário. “Achei maravilhoso participar deste projeto e gostaria de agradecer pelo convite. Ajudar, não tem coisa melhor. O Brasil precisa conhecer essa realidade e vir doar sangue, é nosso dever", disse.

A doadora Andreia Aguiar Pessanha doa plaquetas no Instituto desde 1999. “Venho todos os anos fazer minha doação. Minha avó fez tratamento no INCA e amigos meus vieram se tratar aqui, desde então eu vim como voluntária e retorno sempre que posso", afirmou.

Iara Motta, chefe do Serviço de Hemoterapia do Instituto, se mostrou otimista com o resultado da campanha. “Nossa agenda tem muitas marcações de doações de plaquetas e temos tido resposta dos doadores às nossas convocações. Agora estamos intensificando a doação na semana após o carnaval, nos dias 2, 3 e 4 de março". A médica fez um novo convite: “Convidamos as pessoas que venham doar também nesse período. Precisamos sempre manter o estoque para atender ao paciente no momento em que ele precisar", concluiu.

Os doadores devem apresentar documento com foto e os menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis. As doações poderão ser feitas de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 14h30. Na sexta-feira de Carnaval, dia 24, o Banco de Sangue funciona até 13h. Para doar plaquetas é necessário agendamento pelo telefone (21) 3207-1064.

Copyright