Notícias

Controle do tabagismo e ações da indústria do tabaco em debate no Dia Nacional de Combate ao Fumo

Este ano, relações entre fumar e maior exposição ao coronavírus também são abordadas em campanha de conscientização

Publicado: 24/08/2020 | 13h22
Última modificação: 24/08/2020 | 13h38

A conferência on-line (webinar) “A Importância do Programa Nacional do Controle do Tabagismo e as Interferências da Indústria do Tabaco” vai marcar, no INCA, nesta quinta-feira, 27, as celebrações pelo Dia Nacional de Combate ao Fumo (29 de agosto).

A relevância do Programa será apresentada por Vera Borges, da Divisão de Controle do Tabagismo e Outros Fatores de Risco do INCA. Já André Szklo, da Divisão de Pesquisa Populacional do Instituto, vai tratar das estratégias de interferência da indústria do tabaco e a necessidade de se enfrentá-las. 
O debate será moderado por Cristiane Viana, assessora técnica de Controle do Tabaco da International Union Against Tuberculosis and Lung Disease.

O debate será transmitido pela TV INCA, a partir das 10h30, e perguntas poderão ser feitas por e-mail (comcerimonial@inca.gov.br).

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população brasileira para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco.

Em 2020, a data trabalha o tema "Tabagismo e coronavírus" (Covid-19). Isso porque o tabagismo — também considerado uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde  — tem papel de destaque no alastramento da Covid-19, já que é fator de risco para transmissão da doença e para o desenvolvimento de formas mais graves do novo coronavírus.

 

Saiba mais dobre o Dia Nacional de Combate ao Fumo 2020.
 

Copyright