Notícias

Debate e documento público organizados pelo INCA alertam para os riscos dos agrotóxicos


Publicado: 08/04/2015 | 10h57
Última modificação: 26/07/2018 | 17h12

Para marcar o Dia Mundial da Saúde, o INCA promove nesta quarta-feira, 8, o debate “Agrotóxicos e câncer – riscos, impactos e alternativas ao modelo agrícola dominante".  O debate é importante porque, desde 2008, o Brasil é campeão mundial de consumo de agrotóxicos.

A liberação do uso de sementes transgênicas foi uma das ações responsáveis por colocar o País no primeiro lugar do ranking: o cultivo de sementes geneticamente modificadas exige o uso de grandes quantidades de veneno. Por isso, após o debate o Instituto lança o documento técnico Posicionamento público do INCA a respeito do uso de agrotóxicos.

O documento ressalta os riscos dos agrotóxicos para a saúde, em especial por sua associação com o desenvolvimento do câncer. O objetivo é fortalecer iniciativas de regulação e controle dessas substâncias que promovam a redução progressiva e sustentada do uso de agrotóxicos e a substituição do modelo agrícola dominante pela produção de base agroecológica.

A discussão está alinhada com diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), que escolheu para o Dia Mundial da Saúde deste ano o tema “Aprimoramento da segurança alimentar, da fazenda ao prato". O debate contará com a presença de autoridades e militantes da boa alimentação para mostrar que há opções viáveis para o consumo de alimentos saudáveis.

O evento é realizado no auditório do 8º andar do edifício-sede do INCA, na Praça Cruz Vermelha, no Centro do Rio de Janeiro.
 

Copyright