Notícias

Debate sobre tabagismo, doenças cardiovasculares e câncer marca Dia Mundial sem Tabaco

Campanha busca esclarecer população sobre relação entre tabaco e doenças cardiovasculares

Publicado: 25/05/2018 | 10h25
Última modificação: 07/05/2019 | 16h35

Em 2017, estudo realizado com o apoio do INCA, mostrou que 428 pessoas morrem por dia no Brasil por causa do tabagismo (12,6% das mortes anuais no País) e R$ 56,9 bilhões são perdidos a cada ano em função de despesas médicas e perda de produtividade. Naquele ano, 73.500 pessoas foram diagnosticadas com câncer provocado pelo tabagismo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco mata, todos os anos, mais de 7 milhões de pessoas no planeta; destas, 890 mil são fumantes passivos. Atualmente, o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Essas são algumas das razões que levou a OMS a eleger “Tabaco e Doenças Cardiovasculares" como tema para ser trabalhado internacionalmente no Dia Mundial Sem Tabaco (31 de março). A data será celebrada pelo INCA no dia 30, quarta-feira, por meio de duas palestras e de um debate que poderão ser assistidos ao vivo pelo canal do INCA no Youtube e pela página do Facebook da BandNews FM. O slogan da campanha do INCA é Com o coração não se brinca. Faça a melhor escolha para sua vida: não fume!

As palestras serão ministradas por representantes da Coordenação de Prevenção e Vigilância e da Divisão de Pesquisa Populacional do Instituto e irão tratar dos avanços da política nacional de controle do tabaco e do perfil do adolescente fumante brasileiro.

Já o debate “Tabagismo e doenças cardiovasculares", mediado pelo jornalista Rodolfo Schneider, da BandNews, reunirá especialistas do INCA e do Instituto Nacional de Cardiologia para discutir a relação entre o tabaco e as doenças do coração.

Com o slogan O fumo destrói corações: escolha a saúde, não o tabaco, a campanha da OMS busca esclarecer a população sobre a relação entre o tabaco e as doenças cardiovasculares.

O evento será realizado no auditório do 8º andar do prédio-sede do INCA, na Praça Cruz Vermelha, 23, Centro do Rio.

Copyright