Notícias

Dia nacional de conscientização do retinoblastoma: diagnóstico precoce previne cegueira infantil


Publicado: 18/09/2015 | 14h07
Última modificação: 26/07/2018 | 17h12

O retinoblastoma é o câncer intraocular mais comum na infância. Afeta um em cada 20 mil nascidos vivos, com maior incidência nas crianças com menos de 5 anos. Por iniciativa da Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (Tucca), a Lei Nº 12.637 estabeleceu que 18 de setembro é Dia Nacional de Conscientização e Incentivo ao Diagnóstico Precoce do Retinoblastoma.

Esse tumor pode ocorrer em um olho ou em ambos, sendo que os bilaterais são sempre hereditários. A maioria dos casos ocorre ao acaso. A apresentação mais comum da doença é a do reflexo ocular branco ou “sinal do olho do gato". Outras manifestações da doença incluem o estrabismo, o eritema conjuntival (vermelhidão) e a diminuição da acuidade visual (redução do campo visual; a criança só enxerga o que está na frente dela, e não o que está ao lado). 

O prognóstico depende, fundamentalmente, da extensão da doença quando é feito o diagnóstico. Mais de 90% dos casos detectados em estádio inicial são curáveis, grande parte deles com preservação da visão.
Saiba mais sobre a doença e o tratamento que preserva a visão e que está disponível no INCA na matéria publicada na Rede Câncer nº 30.
 

Copyright