Notícias

Dias Mundial do Doador de Medula Óssea e Nacional da Doação de Órgãos são comemorados em evento na Casa Brasil


Publicado: 22/09/2016 | 15h24
Última modificação: 14/06/2019 | 13h50

O Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e o Sistema Nacional de Transplantes (SNT) lançaram, no último sábado, campanhas de incentivo à doação de órgãos no País. A divulgação, realizada no auditório do Espaço Casa Brasil, no Rio de Janeiro, marcou o mês de comemoração do Dia Nacional da Doação de Órgãos e do Dia Mundial do Doador de Medula Óssea – World Marrow Donor Day (WMDD), celebrado todo terceiro sábado de setembro.

Com o mote “Atualize seu cadastro, você pode salvar uma vida em qualquer lugar do mundo", a campanha, promovida pelo Redome para o WMDD, visa conscientizar o doador sobre a atualização do cadastro. O vídeo de animação criado pelo Redome foi apresentado no evento junto à campanha do SNT. “O Brasil vem se engajando nessa iniciativa. No ano passado, fomos o único país da América Latina a comemorar a data", disse o diretor-geral do INCA, Luis Fernando Bouzas, que apresentou a história do Redome, terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo.

Francisco de Assis Figueiredo, secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (SAS/MS), representou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, no evento. “O transplante de órgãos e tecidos, quase em sua totalidade, é feito pelo SUS e o Redome é o maior banco de medula óssea do mundo que é custeado pelo sistema público. A parceria entre o Ministério da Defesa, Ministério da Saúde e a Força Aérea Brasileira tem otimizado o atendimento àqueles que precisam de um transplante", ressaltou.

A campanha da SNT contou com o slogan “Viver é uma grande conquista. Ajude mais pessoas a serem vencedoras". O vídeo, estrelado por atletas transplantados, em alusão aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, tem o objetivo de estimular a população a ser doadora de órgãos. O atleta de judô Bruno Cunha, transplantado de rim, e a atleta Liège Gautério, que passou por transplante de pulmão em 2011, após descobrir uma fibrose, participaram do vídeo. Liège foi medalha de ouro nos 100 metros e prata nos 200 metros nos Jogos Mundiais para Transplantados, realizado em agosto de 2015, na Argentina.

Exposição

Ficou em cartaz na Casa Brasil, de sexta (16) a domingo (18), a exposição “Gesto de Herói – o poder de doar vida". Painéis explicativos esclareceram mitos e verdades sobre a doação de órgãos e foram exibidos em vídeo depoimentos de famílias de doadores e receptores, que compartilharam experiências sobre como o transplante proporcionou uma nova chance de continuar a levar uma vida saudável e cheia de vitórias.

Copyright