Notícias

INCA contra coronavírus

Instituto toma medidas duras, mas necessárias, para garantir a integridade de pacientes, familiares e servidores durante a pandemia

Publicado: 16/03/2020 | 16h24
Última modificação: 04/06/2020 | 15h59

A pessoa com câncer é mais propensa a desenvolver sintomas graves caso seja contaminada pelo novo coronavírus (Covid-19), classificado pela Organização Mundial da Saúde, como pandemia. Por isso, o INCA teve que tomar medidas duras, temporariamente, para reduzir a velocidade de propagação do vírus por meio da redução de circulação de pessoas em suas unidades. Essas ações são atualizadas periodicamente, por isso é importante que o usuário fique atento.

Devido à pandemia do coronavírus e ao risco de contaminação externa, todas as visitas aos pacientes estão suspensas a partir do dia 9 de abril  no Hospital do Câncer I  e no Centro de Transplante de Medula Óssea, na Praça Cruz Vermelha. A proibição foi estendida aos hospitais do Câncer II, III  e IV. O INCA recomenda fortemente que não haja rodízios de acompanhantes para evitar exposição de um número maior de pessoas. 

Durante os atendimentos ambulatoriais, o paciente, mesmo o pediátrico, só poderá estar acompanhado de uma pessoa. Todas as consultas de controle dos ambulatórios dos próximos dias (ou seja, consultas dos que já completaram o tratamento oncológico) serão desmarcadas e reagendadas futuramente. As consultas dos pacientes que estão fazendo radioterapia, quimioterapia e em programação de cirurgia, estão mantidas.

Os exames de imagem do radiodiagnóstico, assim como os exames laboratoriais de rotina e os exames eletivos da endoscopia digestiva, colonoscopia e broncoscopia serão cancelados e reagendados posteriormente.

Há ainda a forte recomendação para que os acompanhantes sejam adultos com menos de 60 anos que não apresentem sinais da doença (os mais comuns são febre, cansaço e tosse seca; mas há casos de dores no corpo, coriza, congestão nasal, dor de garganta, diarreia e dificuldade para respirar). A distribuição de tíquetes de almoço para acompanhantes do ambulatório foi suspensa para reduzir o fluxo de pessoas nos refeitórios. 

Eventos internos do Instituto também estão suspensos por tempo indeterminado assim como os cursos presenciais de curta duração (atualização e aperfeiçoamento). Da mesma forma, as atividades de voluntariado dentro das unidades hospitalares serão restritas.

Preventivamente, é importante seguir as recomendações do Ministério da Saúde. As principais são: lavar as mãos com água e sabão, na sua ausência, usar álcool em gel; cobrir nariz e boca com lenço ao tossir ou espirrar – quem  não o tiver, deve usar o antebraço como barreira, e não as mãos, para evitar tocar em locais que possam contaminar outras pessoas e a si; evitar aglomerações; manter os ambientes bem ventilados; e não compartilhar objetos pessoais.

Leia mais:

INCA alerta para os riscos da relação entre tabagismo, narguilé e coronavírus

Perguntas frequentes: câncer e coronavírus (Covid-19)

Perguntas frequentes: tabagismo e coronavírus (Covid-19)

Coronavírus: informação aos doadores de sangue e plaquetas

Tabagismo e coronavírus

Acompanhe: contratos Covid-19 

Copyright