Notícias

INCA recebe novo acelerador linear do Ministério da Saúde

Doação faz parte do Plano de Expansão da Radioterapia no SUS, que procura reduzir os gargalos na prestação do serviço no País

Publicado: 14/09/2020 | 17h17
Última modificação: 18/09/2020 | 13h42

O Ministério da Saúde (MS) doou para o INCA um novo acelerador linear que será utilizado no serviço de radioterapia e tem capacidade para atender 60 novos pacientes por mês. A doação foi feita no âmbito do  Plano de Expansão da Radioterapia no SUS(PER/SUS), criado em 2017, que tem como principal objetivo ampliar e criar novos serviços de radioterapia em hospitais habilitados no SUS visando à redução dos vazios assistenciais e atendimento das demandas regionais de assistência oncológica em consonância com os estados e municípios.

O projeto prevê a implantação de 100 soluções de radioterapia, contemplando equipamentos e infraestrutura, bem como a utilização do poder de compra do Estado como instrumento para internalizar tecnologia e criar alternativas comerciais que possibilitem o fortalecimento e o desenvolvimento industrial. A intenção é reduzir a dependência tecnológica do País.

O equipamento doado ao INCA, um Linac 2300CX, substitui outro já obsoleto. “Instalamos neste final de semana o novo acelerador, que deverá entrar em funcionamento em três meses”, explica o coordenador de Assistência do INCA, Gélcio Mendes. Para se ter uma ideia da complexidade da instalação do novo acelerador linear, “apenas a peça principal do equipamento pesa sete toneladas”.

O acelerador linear utiliza raios x de alta energia aplicados sobre o tumor  a fim de destruir células cancerígenas e, com sua tecnologia, preserva o máximo de tecidos saudáveis ao redor. O equipamento é o mais usado para tratamentos de radiação de feixe externo para limitar os efeitos colaterais.

Em regra, o radioterapeuta prescreve o tratamento adequado em volume e dosagem, o físico médico e o dosimetrista determinam como e o tempo para ministrá-lo e, por fim, os técnicos de radioterapia operam o acelerador linear aplicando as doses diárias de radiação nos pacientes. Até seu término, o tratamento é acompanhado por médicos e enfermeiros com consultas semanais.

Copyright