Notícias

"Nenhum dispositivo substitui parar de fumar", alerta médica do INCA

Estudos mostram que esses produtos têm potencial de liberação de nicotina bem próximo ao cigarro convencional

Publicado: 11/04/2018 | 10h33
Última modificação: 07/05/2019 | 11h36

Em entrevista ao jornal Zero Hora, a secretária executiva da Comissão Nacional para a Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (Conicq) Tânia Cavalcante alerta para os riscos da regulamentação de cigarros eletrônicos e de tabaco aquecido. Ela diz que há o perigo de se ampliar o tabagismo. Leia a entrevista no jornal Zero Hora.

Copyright