Notícias

Obras do Campus do INCA serão retomadas

Objetivo é auxiliar na ampliação do atendimento em radioterapia, reduzindo transtornos à população

Publicado: 24/06/2020 | 09h54
Última modificação: 24/06/2020 | 14h52
Projeto de retomada do Campus Integrado do INCA tem debate avançado

Uma decisão judicial, no âmbito da ação civil pública nº 0006744-51.2014.4.02.5101/RJ, que corre na 15ª Vara Federal do Rio de Janeiro, determinou a retomada das obras do campus integrado do INCA. A principal motivação é suprir o déficit de serviços de radioterapia no Rio de Janeiro. Para tal, será necessária uma atualização do projeto original arquitetônico e de engenharia do Campus.

Em razão da retomada das obras, reuniram-se, na última sexta-feira, dia 19, no INCA, representando o Ministério da Saúde, secretário de Atenção Especializada em Saúde, Luiz Otávio Franco Duarte, subsecretário de Assuntos Administrativos da Secretária Executiva, Alexandre Martinelli, superintendente estadual George da Silva Divério, a juíza da 15ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Carmen Silvia Lima de Arruda, a diretora-geral do Instituto, Ana Cristina Pinho, além de integrantes do consórcio responsável pelo projeto.

A juíza Carmen Silvia solicitou um cronograma de ação, que será acompanhado mensalmente pelo judiciário. O secretário Luiz Otávio colocou o Ministério da Saúde à disposição do INCA para ajudar no que for preciso em relação ao andamento das obras.

Segundo Ana Cristina Pinho, a previsão é que a fase de escavação seja iniciada logo. “Eu creio que começamos uma nova era e esperamos que até o final do ano tenhamos a fase de escavação em estágio bem avançado”, destacou. “Hoje foi um dia importante para o INCA, porque representa a retomada real do projeto do Campus”.

A magistrada demonstrou otimismo com a retomada das obras. “Espero que desta vez a gente consiga solucionar esse déficit de serviços de radioterapia no Rio de Janeiro. Acredito que aqui estejamos iniciando uma nova vida para o INCA".

Copyright