Notícias

Pesquisadores do INCA, dos EUA e da África do Sul identificam mecanismo de replicação do HIV

Vírus é listado como carcinógeno, que induz indiretamente, através da imunodepressão, diversos tipos de câncer

Publicado: 15/12/2020 | 10h51
Última modificação: 18/12/2020 | 11h14

Estudo desenvolvido por pesquisadores do INCA, em parceria com instituições dos Estados Unidos e África do Sul, ajuda a explicar a alta capacidade de reprodução do vírus HIV logo no início da infecção. A pesquisa foi publicada semana passada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA e tem como primeira autora a bióloga Lívia Ramos Goes, do INCA.

“A principal contribuição deste estudo é mostrar que a ligação entre uma proteína viral específica e uma molécula chamada integrina, presente nas células de defesa T, induz a replicação do vírus HIV no intestino”, resume a pesquisadora.

O HIV é listado pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (Iarc, na sigla em inglês)  como carcinógeno do tipo 1 - tanto quanto o HPV16 -, que induz indiretamente, através da imunodepressão, diversos tipos de câncer.

Leia mais no site da Faperj (abre em outra janela).
 

Copyright