Notícias

Professoras de classe hospitalar do INCA são indicadas para o prêmio “Faz a Diferença”, de O Globo

Aulas têm caráter terapêutico e se transformam num ato lúdico para estudantes em ambiente hospitalar

Publicado: 24/12/2018 | 10h19
Última modificação: 29/04/2019 | 13h25

Rosane Santos e Izabel Oliveira dão aulas para crianças em tratamento no INCA. A classe hospitalar da instituição atende de 30 a 40 pacientes. Mais do que garantir que eles não percam o ano letivo — o atendimento em hospitais funciona em consonância com as secretarias de educação —, as aulas têm um caráter terapêutico. A escola, que costuma ser um peso para os estudantes regulares, em um ambiente hospitalar acaba se tornando um dos raros momentos de diversão.

Clique aqui para votar

Lista Assuntos