Notícias

Secretária executiva da Conicq recebe prêmio Dia Mundial sem Tabaco das Américas concedido pela OMS

Durante a premiação, Tania Cavalcante anunciou meta de redução em 40% de prevalência de fumantes no Brasil até 2030

Publicado: 01/06/2021 | 16h29
Última modificação: 01/06/2021 | 16h40

Chegar a 2030 com prevalência de fumantes 40% menor do que a atual. Essa é a meta pactuada pelo Brasil, por meio da Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (Conicq), como parte do plano de enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis.

A revelação foi feita pela médica Tânia Cavalcante durante a cerimônia virtual de entrega do prêmio "Dia Mundial sem Tabaco Américas", concedido à secretária executiva da Conicq pela Organização da Saúde (OMS). A entrega foi feita pela representante da Organização Pan-Americana da Saúde, Socorro Gross, e pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“Estamos trabalhando, com a rede de parceiros de controle do tabaco, para a construção de um plano de fortalecimento da Política Nacional de Controle do Tabaco. Esperamos chegar em 2030 com a prevalência de fumantes em torno de 5% ou menos”, anunciou Tânia Cavalcante.

A Secretaria Executiva da Conicq é exercida pelo INCA.
 

Copyright