Notícias

Série em vídeo produzida pelo INCA alerta para riscos do tabagismo

Na websérie, temas são tratados na forma de história em quadrinho e mostram situações vividas por fumantes

Publicado: 10/11/2020 | 09h48
Última modificação: 10/11/2020 | 09h55

O INCA preparou websérie sobre os prejuízos à saúde causados pelo tabagismo. Entre os assuntos estão os efeitos do cigarro no corpo, benefícios de parar de fumar, tabagismo passivo, importância da família no tratamento e condutas saudáveis durante o período de abstinência. O conteúdo reúne oito vídeos com cerca de um minuto e meio cada e está disponível na TV INCA. A websérie resume  orientações terapêuticas para deixar de fumar que já são usados no modelo de tratamento do tabagismo no Programa Nacional de Controle do Tabagismo.

A iniciativa reforça a necessidade de se promover ações para o enfrentamento ao tabagismo envolvendo seus riscos e impactos à saúde decorrentes das doenças provocadas pelo uso do cigarro. Na websérie, os temas são tratados na forma de história em quadrinho, abordando situações frequentemente vividas por um fumante, contribuindo para a informação qualificada quanto aos riscos de exposição ao tabaco em qualquer idade.

No Brasil, 9,8% da população das capitais se declara fumante. O dado é do estudo da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. O índice mostra que no País há mais de 20 milhões fumantes.

“Com o material estamos conseguindo falar de um assunto muito sério de uma maneira mais leve e lúdica. O objetivo é criar um envolvimento estimulando o interesse das pessoas”, explica a chefe substituta da Divisão de Controle do Tabagismo da Coordenação de Prevenção e Vigilância do INCA, Vera Borges. “Tabagismo é uma dependência química grave, que compromete o poder de escolha entre parar e continuar fumando”, alerta Vera.

A websérie é resultado de uma parceria entre o INCA, a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

 

Leia mais no site do Ministério da Saúde.
 

Copyright