Pesquisa

Bases genéticas das neoplasias mieloides


Última modificação: 21/02/2019 | 17h48

O grupo de Bases Genéticas das Neoplasias Mieloides atua no estudo da caracterização molecular e mecanística de mutações encontradas nas neoplasias mieloproliferativas como a trombocitemia essencial, as policitemia vera e a mielofibrose idiopática além da leucemia mielóide crônica. Para isto além da identificação destas alterações em pacientes são desenvolvidos modelos para estas doenças através da reprogramação celular a serem utilizados na elucidação dos mecanismos genéticos e epigenéticos de geração de resistência a inibidores farmacológicos.Também são estudadas as leucemias mielóides agudas tanto as herdadas como as esporádicas com o uso de tecnologias convencionais como em plataformas de alta resolução.

 

Líder do Grupo:

Ilana Zalcberg Renault (Lattes)
Pesquisador Titular
Email: izalcberg@inca.gov.br
Telefone: +55 21 32071506

 

Linhas de Pesquisa:

Pesquisador Responsável: Ilana Zalcberg Renault

  • Identificação de alelos herdados e adquiridos subjacentes a patogênese das neoplasias mielóides
  • Caracterização genética e epigenética dos principais biomarcadores das neoplasias mieloproliferativas e sua correlação com a resposta in vitro a inibidores farmacológicos
  • Caracterização dos efeitos de terapias alvo específicas e de regulação epigenética em modelos in-vitro e em amostras de pacientes com  NMP e LMC e elucidação dos mecanismos de resistência visando o uso de terapias adicionais

Pesquisador Responsável: Bárbara da Costa Reis Monte-Mór

  • Elucidação do papel dos mecanismos genéticos subjacentes a mutações em reguladores epigenéticos com impacto na metilação e no status da cromatina, para a patogenese e resposta terapêutica das NMP, SMD e LMA;
  • Modelagem in vitro de neoplasias mieloproliferativas através da reprogramação celular e diferenciação hematopoiética de amostras de pacientes;
  • Desenvolvimento e Inovação em plataformas de alta resolução para diagnóstico, prognóstico e avaliação da resposta terapêutica e resistência nas neoplasias mielóides e  LLA (DRM).

 

Pessoal:

Pesquisador:
Bárbara da Costa Reis Monte-Mór (Lattes)

Pós-doutorando:
Simone Bonecker

Aluno de doutorado:
Danielle Tavares Vianna

Alunos de mestrado: 
Maria Laura Robledo
Rafaela Reis

Alunos de aperfeiçoamento:
Rafaella Naressi
Suzana Benedito

Colaborador:
Luciana Gutyiama (INCA/CEMO) 

 

Publicações selecionadas:

  • Duarte FB, Barbosa MC, Jesus Dos Santos TE, Lemes RPG, Vasconcelos JP, de Vasconcelos PRL, Rocha FD, Zalcberg I, Coutinho DF. Bone marrow fibrosis at diagnosis is associated with TP53 overexpression and adverse prognosis in low-risk myelodysplastic syndrome. Br J Haematol. 181(4):547-549. 2018. (Pubmed
  • Baptista RLR, Dos Santos ACE, Gutiyama LM, Solza C, Zalcberg IR. Familial Myelodysplastic/Acute Leukemia Syndromes-Myeloid Neoplasms with Germline Predisposition. Front Oncol. 7:206. 2017. (Pubmed)  
  • Gomez Limia CE, Devalle S, Reis M, Sochacki J, Carneiro M, Madeiro da Costa R, D'Andrea M, Padilha T, Zalcberg IR, Solza C, Daumas A, Rehen S, Monte-Mór B, Bonamino MH. Generation and characterization of a human induced pluripotent stem (iPS) cell line derived from an acute myeloid leukemia patient evolving from primary myelofibrosis carrying the CALR 52bp deletion and the ASXL1 p.R693X mutation. Stem Cell Res. 24:16-20. 2017. (Pubmed)  
  • Segges P, Braggio E, Minnicelli C, Hassan R, Zalcberg IR, Maiolino A. Genetic aberrations in multiple myeloma characterized by cIg-FISH: a Brazilian context. Braz J Med Biol Res. 49(5):e5034. 2016. (Pubmed
  • Monte-Mor Bda C, Ayres-Silva Jde P, Correia WD, Coelho AC, Solza C, Daumas AH, Bonamino MH, Santos FP, Datoguia TS, Pereira Wde O, Lisboa BC, Ramos CF, Machado-Neto JA, Hamerschlak N, Campregher PV, Traina F, Pagnano KB, Zalcberg I. Clinical features of JAK2V617F- or CALR-mutated essential thrombocythemia and primary myelofibrosis. Blood Cells Mol Dis. 60:74-7. 2016. (Pubmed)  
  • Andrade FG, Noronha EP, Brisson GD, Dos Santos Vicente Bueno F, Cezar IS, Terra-Granado E, Thuler LCS, Pombo-de-Oliveira MS; Brazilian Study Group of Childhood Acute Myeloid Leukemia (IMol-AMLBSG) as co-authors. Molecular Characterization of Pediatric Acute Myeloid Leukemia: Results of a Multicentric Study in Brazil. Arch Med Res. 47(8):656-667. 2016. (Pubmed)  
  • da Cunha Vasconcelos F, Mauricio Scheiner MA, Moellman-Coelho A, Mencalha AL, Renault IZ, Rumjanek VM, Maia RC. Low ABCB1 and high OCT1 levels play a favorable role in the molecular response to imatinib in CML patients in the community clinical practice. Leuk Res. 51:3-10. 2016. (Pubmed)  
  • Coutinho DF, Monte-Mór BC, Vianna DT, Rouxinol ST, Batalha AB, Bueno AP, Boulhosa AM, Fernandez TS, Pombo-de-Oliveira MS, Gutiyama LM, Abdelhay E, Zalcberg IR. TET2 expression level and 5-hydroxymethylcytosine are decreased in refractory cytopenia of childhood. Leuk Res. 39(10):1103-8. 2015. (Pubmed)  
  • Gonzalez MS, De Brasi CD, Bianchini M, Gargallo P, Stanganelli C, Zalcberg I, Larripa IB. Improved diagnosis of the transition to JAK2 (V⁶¹⁷F) homozygosity: the key feature for predicting the evolution of myeloproliferative neoplasms. PLoS One. 9(1):e86401. 2014. (Pubmed)   

 

Localização:

Divisão de Laboratórios
Centro de Transplante de Medula Óssea
Instituto Nacional de Câncer
Praça da Cruz Vermelha 23 6 andar ala C
Centro, Rio de Janeiro/RJ, Brasil
CEP:20230-130
Tel: +55-21-32071506
Fax: +55-21-32071190

Copyright