Pesquisa

Hemato-oncologia molecular


Última modificação: 21/02/2019 | 17h02

O Programa de Hemato-Oncologia Molecular desenvolve pesquisas científicas voltadas a uma melhor compreensão dos mecanismos celulares e moleculares de resistência a múltiplas drogas (MDR) em leucemias e tumores sólidos (câncer de mama, colorretal, pulmão e gliomas). Investigam-se também aspectos relacionados aos mecanismos moleculares e epigenéticos envolvidos com a patogênese de linfomas. O objetivo do Programa é identificar e caracterizar biomarcadores que possam ser empregados para auxiliar no diagnóstico, prognóstico e predição de resposta terapêutica em pacientes oncológicos. Paralelamente, são desenvolvidos estudos pré-clínicos de compostos com potencial antitumoral em modelos 2D e 3D de culturas celulares e modelos de xenotransplantes em camundongos. Essas abordagens são utilizadas como ferramentas para avaliação dos efeitos desses compostos in vitro e in vivo, visando a descoberta de novas drogas com potencial para ultrapassar mecanismos de quimio e radiorresistência. Para dissecar as vias de sinalização envolvidas na patogênese e aquisição do fenótipo de resistência às drogas no câncer, são empregadas abordagens multidisciplinares combinando conhecimentos em Onco-Hematologia Clínica, Biologia Celular e Molecular, Farmacologia, Bioquímica e Morfologia. O Programa conta, também, com a expertise de colaboradores nacionais e internacionais, que agregam ao grupo conhecimentos em Química, Biologia Estrutural, Patologia, Oncologia e Genética Molecular.

 

Chefe do programa:

Raquel Ciuvalschi Maia (Tecnologista Sênior, rcmaia@inca.gov.br)

 

Grupos de pesquisa: 

 

Copyright