Pesquisa

Amplificação gênica


Última modificação: 09/09/2021 | 16h25

A Plataforma de Amplificação Gênica é uma unidade de tecnologia molecular multiusuário, que tem como missão contribuir para a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico na área de oncologia. A unidade conta com dois equipamentos de PCR em Tempo Real e um PCR Digital em Gotas, permitindo a realização de ensaios de detecção e quantificação de ácidos nucleicos. A plataforma também colabora em projetos de pesquisa através de consultoria científica nas etapas de desenho, desenvolvimento, validação, análise e interpretação de ensaios. 

 

Responsável pela plataforma:

Leandro de Souza Thiago (Lattes)
Tecnologista
E-mail: lthiago@inca.gov.br
Telefone: +55 21 32076526

 

Lista de equipamentos:

  • PCR em Tempo Real ViiA™ 7 - Instrumentação: Bloco Fast para placa de 96 poços, com seis canais de fluorescência e calibrado para leitura dos fluoróforos FAM™, SYBR™ Green I, VIC™, NED™, TAMRA™ e ROX™. A unidade também dispõe de bloco de 384 poços para PCR de alto rendimento (o usuário interessado em usá-lo, deverá entrar em contato previamente com o responsável).  
  • PCR em Tempo Real 7500  - Instrumentação: Bloco Fast para placa de 96 poços, com cinco canais de fluorescência, calibrado para leitura dos fluoróforos FAM™, SYBR™ Green I, VIC™, JOE™, NED™, TAMRA™, ROX™.

           Ambos os equipamentos de PCR em Tempo Real são capazes de realizar seis ensaios distintos: detecção de ácidos nucleicos (presença/ausência); quantificação absoluta baseada em curva-padrão; quantificação relativa baseada em curva-padrão; quantificação relativa pelo método delta-delta Ct (2–∆∆Ct); análise de curva de dissociação (melting curve); genotipagem. 

  • PCR Digital em Gotas QX100™ - A PCR digital em gotas (ddPCR™) pertence à terceira geração de tecnologia de PCR, que permite a quantificação absoluta de ácidos nucleicos sem necessidade de curva-padrão, com alta sensibilidade e especificidade. A ddPCR™ é especialmente interessante na detecção de alvos raros, na validação de materiais de referência, na determinação de pequenas diferenças com alta precisão e acurácia, e na análise de amostras com grande quantidade de inibidores. Entre as principais aplicações estão: Identificação de DNA/RNA circulante para diagnóstico molecular por biópsia líquida, detecção de variantes alélicas (mutações e polimorfismos), determinação de variação de número de cópias (CNV) e análise de expressão gênica.
    Instrumentação: O sistema QX100™ baseia-se em tecnologia microfluídica, composto por um gerador de gotas, um leitor de gotas e um laptop associado. As reações de PCR são de ponto-final, realizadas em termociclador convencional (externo à plataforma) e lidas no sistema QX100™, utilizando química de sondas TaqMan™, compatível com os fluoróforos FAM™, HEX™ ou VIC™.

 

Utilização:

Os equipamentos estão disponíveis para funcionários e estudantes do INCA, após treinamento prévio. O agendamento é online e os novos usuários devem entrar em contato com o responsável para agendar uma reunião. Os equipamentos estão disponíveis 24 horas por dia, todos os dias da semana, para usuários internos treinados ou com experiência e de segunda a sexta, para usuários iniciantes ou externos. Todos os insumos e reagentes devem ser providenciados pelos usuários. Em todos os artigos científicos publicados, bem como quaisquer outras produções intelectuais (apresentações em seminários e congressos, resumos em anais), deverão citar a “Plataforma de Amplificação Gênica” nas seções “Materiais e Métodos” e “Agradecimentos”, pelo uso da instrumentação analítica e assessoria técnico-científica.
 

Localização:

Instituto Nacional de Câncer
Coordenação de Pesquisa
Rua André Cavalcanti, 37, 3º andar
Centro, Rio de Janeiro
CEP: 20231-050

Copyright