Causas e Prevenção

Exposição no trabalho e no ambiente


Última modificação: 05/11/2018 | 14h48

Cerca de 80% dos casos de câncer estão relacionados à exposição a agentes presentes nos ambientes onde se vive . Tais exposições ocorrem devido a ação do homem sobre o meio  ambiente, resultando em novas formas de organização da sociedade tendo como consequência  novos modos de vida que podem ser danosos à saúde. 

O ambiente de trabalho é um meio onde ocorrem as maiores concentrações de agentes cancerígenos, quando comparado a outros ambientes. Já está comprovado cientificamente que a exposição a agentes químicos, físicos e biológicos utilizados em ambientes de trabalho e seu entorno causa diversos cânceres. Apesar de existirem evidências científicas que demonstrem que exposições no trabalho podem causar câncer, o número de notificações ainda é pequeno. Estimativas mostram que 10,8% dos casos de cânceres em homens e 2,2% em mulheres surgem em função de fatores relacionados ao local de trabalho.
Sabe-se que a grande maioria das exposições em ambientes de trabalho a esses agentes cancerígenos pode ser modificada ou eliminada, aspecto este de fundamental importância para a prevenção e controle do câncer. 

 

É importante ressaltar que, na perspectiva do risco de câncer, a melhor forma de prevenção é evitar a exposição, uma vez que não existem limites de frequência ou de intensidade seguros para a exposição às substâncias cancerígenas.

 

É muito importante que os profissionais de saúde que atuam na rede de atenção ao paciente oncológico perguntem sobre as exposições ocupacionais a fim de se estabelecer uma possível associação entre o ambiente de trabalho e o câncer ocupacional. Abaixo estão listados os cânceres mais incidentes mundialmente  na população feminina e masculina e os agentes químicos, físicos e biológicos relacionados:
 

Câncer

Agentes carcinogênicos com evidência suficiente em humanos

Agentes com evidência limitada em humanos

Pulmão

Fuligem, radônio, radiação (raios-X e gama), gaseificação do carvão, produção de coque, carvão, sílica cristalina, alcatrão de carvão, produção de alumínio, fundição de ferro e aço, exposição ocupacional como pintor, na produção de borracha, mineração de hematita (subterrânea), arsênico e compostos arsenicais, berílio e compostos de berílio, cádmio e compostos de cádmio, cromo hexavalente e compostos, compostos de níquel, asbestos (todas as formas), sílica cristalina, vapores de emissão de motores a diesel, fumaça do tabaco, bis(clorometil)eter, clorometil-metil -éter. 

Ácidos fortes, tetraclorodibenzo-para-dioxina, arte com vidro, produção de recipientes de vidro e utensílios prensados, combustível de biomassa (principalmente madeira), produto de eletrodo de carbono, tolueno alfa clorado e cloreto de benzoila (mistura), metal cobalto com carboneto de tungstênio, creosoto, inseticidas não arsenicais, processo de impressão, fumos de solda.

Mama

Radiação  (raios-X e gama).

Óxido de etileno, trabalho noturno.

Cólon e reto

Radiação (raios-X e gama, cólon).

Radiação (raios-X e gama, reto), asbestos.

Próstata ----

Arsênico e seus compostos, ocupação na produção da borracha, cádmio e seus compostos, radiação (raios X e gama).

Estômago

Ocupação na produção da borracha, radiação.

Asbestos.

Fígado

Vírus da hepatite B e C, aflatoxinas, cloreto de vinila (angiosarcoma, carcinoma hepatocelular), radiação, vírus da hepatite B e C (carcinoma hepatocelular), arsênico, cloreto de vinila .

Arsênico e seus compostos, radiação (raios-X e gama), tricloroetileno, agrotóxicos e DDT.

Colo uterino ---- Tetracloroetileno
Esôfago

Radiação (raios-X e gama).

Ocupação na produção da borracha.

Bexiga

Produção de alumínio, ciclofosfamida, todas as aminas aromáticas, exposição ocupacional como pintor, radiação (raios-X e gama), arsênico e compostos arsenicais, orto-toluidina, produção da borracha.

Piche de alcatrão de carvão, fuligem, limpeza a seco, emissão de vapores de diesel, exposição ocupacional como cabeleireiro e barbeiro, processo de impressão, produção de tecidos.

Linfoma não Hodgkin

Vírus da hepatite C, produção da borracha, agrotóxicos, benzeno, ocupação na produção da borracha.

Óxido de etileno, tetraclorodibenzo-para-dioxina, radiação (raios X e gama); agrotóxicos malationa, diazinona, glifosato, DDT; 2,4 D, parationa (em fêmeas) e lindano.

Leucemia

Benzeno, busulfan (LMA), ciclofosfamida (LMA), formaldeído (LLNA), ocupação na produção da borracha, radiação, ocupação de pintor (leucemia infantil – exposição materna), 1,3- butadieno, etoposide com cisplatina e bleomicina, bisclorometil nitrosoureia

Radônio, campos magnéticos de frequência extremamente baixa (leucemia infantil), refinamento do petróleo, policlorofenois ou seus sais de sódio (exposição combinada), estireno, tetracloroetileno, tricloroetileno, tetraclorodibenzo-para-dioxina.

 

Outros tipos de cânceres mais incidentes a nível mundial em ambos os sexos e os agentes químicos, físicos e biológicos relacionados

Câncer

Agentes carcinogênicos com evidência suficiente em humanos

Agentes com evidência limitada em humanos

Pâncreas ----

Radiação (raios X e gama).

Rim

Radiação (raios X e gama).

Arsênico e seus compostos, cádmio e seus compostos, processo de impressão, agrotóxicos.

Tireóide

Radiação (raios X e gama).

----
Cérebro e Sistema Nervoso Central

Radiação (raios X e gama).

----
Ovário

Asbestos (todas as formas).

Radiação (raios X e gama), talco (uso perianal).

Pele

Radiação solar (basocelular, espinocelular e melanoma), exposição solar artificial (melanoma), fuligem, óleos minerais (industriais), óleo de xisto; arsênico e compostos arsenicais, destilação de alcatrão de carvão, piche de carvão, ciclosporina, radiação (raios –X e gama).

Creosoto, processo de refinamento do petróleo, bronzeamento artificial-câmaras (outros tumores malignos da pele).

Laringe

Ácidos fortes, asbestos (todas as formas).

Mostarda de enxofre, ocupação na produção da borracha, fumaça do tabaco.

Faringe ----

Asbestos, fumaça do tabaco.

Mieloma múltiplo ----

Radiação (raios X e gama).

Nasofaringe

Formaldeído, poeiras de madeira.

----

 

Outros cânceres e os agentes químicos, físicos e biológicos associados:

Câncer

Agentes carcinogênicos com evidência suficiente em humanos

Agentes com evidência limitada em humanos

Mesotelioma

Exposição ocupacional como pintor, asbestos (todas as formas), erionita.

----
Cavidade nasal e seios paranasais

Produção de álcool isopropílico, compostos de níquel, poeiras de couro, poeiras de madeira, radiação.

Formaldeído, cádmio e seus compostos; ocupação em carpintaria e marcenaria, compostos de cromo (VI); produção de tecidos.

Olhos

Ocupação como soldador (melanoma), bronzeamento artificial (UV).

Radiação solar (carcinoma de células escamosas, melanoma).

Lábios ----

Radiação solar.

Glândulas salivares

Radiação (raios-X e gama).

----
Ossos

Radiação.

----
Sarcoma de tecidos moles ----

Poli-cloro-fenol ou sais de sódio (exposição combinada), tetraclorodibenzo-para-dioxina.

Endométrio ----

Dietilstibestrol (antineoplásico.)

Testículos ----

DDT (agrotóxico).

Lista Assuntos